Mais do que eleger mulheres, precisamos acabar com o ‘teto de vidro’ da política

As mulheres brasileiras conquistaram o direito ao voto em 1932. No entanto, passados 88 anos dessa importante conquista, raramente as casas legislativas do nosso país são hoje presididas por uma mulher. Desde 2011, somente três mulheres ocuparam a cadeira de presidente das 27 Assembleias Legislativas, e nenhuma até hoje ocupou esse cargo na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. O fato de homens terem sido considerados os mais aptos e capazes para exercer esses importantes cargos de liderança deixa evidente que ainda temos um longo caminho pela frente para que nós mulheres tenhamos o nosso direito à participação política plenamente garantido.

Seguir leyendo

Lee más: elpais.com


Comparte con sus amigos!